Telefone (11) 3044-2853

Mioma uterino

O que é e por que acontece?

Mioma uterino ou leiomioma é um tumor benigno da musculatura lisa do útero que aparece com grande frequência durante a vida das mulheres. Mais de 30% das mulheres acima de 40 anos podem ter um ou mais miomas (miomatose uterina), mesmo sem apresentar sinais ou sintomas, sendo apenas um achado da ultrassonografia. A probabilidade de um mioma dar origem ao câncer é menor que 1%.

Portanto, a simples presença de mioma uterino não deverá ser causa de grande problema ou preocupação recomendando-se apenas um controle periódico através da ultrassonografia e sinais de possíveis anormalidades. Na grande maioria das vezes a paciente será assintomática.

Quais os sintomas e onde aparece?

Devido ao crescimento do volume uterino pelos miomas a mulher poderá apresentar um quadro de cólicas menstruais mais intensas, fluxo menstrual abundante, sangramento uterino fora de época (escapes) ou até dor abdominal/pélvica, e anemia.

O mioma uterino podem se localizar em 3 diferentes regiões do útero. Na cavidade interna (mioma submucoso), no músculo da parede uterina (mioma intramural) ou mais externamente em direção para fora e abaixo do revestimento externo do útero (mioma subseroso).

Como tratar o mioma uterino?

A cirurgia para extração dos miomas (miomectomia) ou retirada de todo o útero (histerectomia) somente é indicada em casos específicos e selecionados. Situações de sangramento menstrual intenso e anemia importante, dor abdominal persistente, miomas muito volumosos, desejo de engravidar, infertilidade, entre outras.