Telefone (11) 3044-2853

Etapas do parto normal

etapas do parto normal

Etapas parto normal: primeiros sinais

Etapas parto normal:

  • Queda do ventre.
  • Contrações uterinas dolorosas e frequentes.
  • Alterações no colo do útero (dilatação).
  • Saída de sangue ou tampão mucoso pela vagina.
  • Rotura da bolsa d’água.

etapas-do-parto-normal_clinica-gravidez-saudavel

 Clinicamente o parto normal é dividido em quatro períodos:

  • 1o período (da dilatação do colo uterino);
  • 2o período (da expulsão do bebê);
  • 3o período (da dequitação);
  • 4o período (da observação materna pós-parto).

etapas-parto-normal-a

Quando você tiver em trabalho de parto normal, passará por três períodos distintos que funcionam de forma diferente chamados de período preparatório, de dilatação e expulsivo. O período preparatório é a fase mais inicial do trabalho de parto, também chamado de “fase latente do período de dilatação do colo do útero”, Às vezes é difícil o diagnóstico com certeza se você está no início do trabalho de parto verdadeiro ou se diante de um “alarme falso”.

Etapas parto normal: contrações

O período inicial dom parto normal caracteriza-se pelo começo das contrações uterinas que se coordenam e regularizam com ritmo cada vez mais frequentes sentidas como um desconforto de intensidade e duração crescentes e tem como função preparar o colo uterino. Isso causa seu amolecimento, afinamento, mudança de posição e o início lento de sua dilatação. Poderá ocorrer também a saída do tampão mucoso pela vagina. Essas contrações são curtas, durando, geralmente, de 20 a 40 segundos.

A fase preparatória pode durar de a 16 a 20 horas

A fase preparatória para o parto normal funciona como se fosse um aquecimento para o próximo período, tem duração muito variável e imprevisível, podendo durar em média cerca de 16 a 20 horas na sua primeira gravidez e de 12 a 16 horas nas gestações subsequentes.

Etapas parto normal: dilatação

Após a primeira etapa de espera, para o parto normal saudável, você entrará no período de dilatação e sua fase ativa, mais rápida e previsível, que terminará com a dilatação total e completa do colo quando atingir 10 centímetros, tamanho aproximado da cabeça de um bebê de nove meses. É nessa altura o momento ideal para se proceder a sua internação hospitalar, quando você deverá estar com as contrações uterinas mais fortes e regulares, com duração média de 40 a 60 segundos, 2 a 3 contrações a cada 10 minutos de observação, e o colo afinado, amolecido, geralmente dilatado três ou mais centímetros.

Etapas parto normal: trabalho de parto

Na fase ativa do trabalho de parto normal sua bolsa pode se romper sozinha. A partir deste período, a velocidade da dilatação será mais “rápida e constante”, de aproximadamente 0,8 a 1,5 centímetro por hora, sendo em media, 1 cm/hora na sua primeira gestação, e 1,5 cm/hora a partir da segunda gestação, que evoluirá mais rapidamente.

O tempo de dilatação e progressão do parto normal será ainda mais curto no caso da bolsa d’água já estiver rota ou for rompida pelo médico com o objetivo de aumentar as contrações uterinas e acelerar ou regularizar um trabalho de parto lento ou anormal. Mulheres obesas podem ter uma duração do trabalho de parto significativamente mais longo e demorado.

Etapas parto normal: descida do bebê

Durante o período de dilatação ocorrem, ao mesmo tempo, a descida e a progressão do bebê até entrar-se no chamado período expulsivo final, com a sua saída e nascimento. A duração total média do trabalho de parto natural e espontâneo costuma ser maior que 12 horas, e o tempo de espera para as suas contrações tornarem-se efetivas, fortes e regulares, com pelo menos 2 a cada 10 minutos, será por volta de 6 horas geralmente. Exceção ao parto muito rápido, precipitado, chamado de “taquitócico”, imprevisível, entretanto, pouco frequente onde do inicio do trabalho de parto ao nascimento, passam só 4 horas ou menos.

Monitoramento pré parto

A “vigilância” do bem-estar e da vitalidade do bebê será feita pela escuta de seus batimentos cardíacos, além da observação da coloração do líquido amniótico. Caso ocorra a eliminação de mecôneo pelo bebê (sugestivo de sofrimento fetal presente), e principalmente, se houver também alterações nos seus batimentos cardíacos, poderá ser indicada, pelo médico, a necessidade urgente de se realizar um parto mais rápido e cirúrgico, como a cesariana.