Telefone (11) 3044-2853

Entenda as etapas do parto normal

etapas parto normal

Entender as etapas parto normal é importante para qualquer futura mamãe. Isso porque embora a duração exata de um parto normal seja sempre imprevisível,  quanto mais preparada e informada a paciente estiver sobre os estágios do trabalho de parto e os primeiros sinais de que é chegada a hora do bebê nascer, com mais naturalidade, tranquilidade e segurança poderá lidar com esse momento único na vida de qualquer mulher.

Pensando nisso, elaboramos um guia sobre as etapas do parto normal. Através dele, você poderá reconhecer melhor  os sinais característicos de que você está entrando em trabalho de parto e entender cada estágio desse dia tão especial na sua vida.

Preparada? Então acompanhe a leitura e saiba mais sobre o assunto!

Etapas parto normal: os primeiros sinais

Embora não pareça, pode ser complicado para a futura mamãe, especialmente as de primeira viagem, reconhecer e entender os sinais que o corpo dá de que é chegada a hora de dar à luz.

Por isso, é importante ficar atenta e se informar bastante! Geralmente, os principais sintomas de que um parto normal está iniciando ou em curso são:

  • queda do ventre;
  • contrações uterinas dolorosas e frequentes;
  • alterações no colo do útero (dilatação);
  • saída de sangue ou tampão mucoso pela vagina;
  • rompimento da bolsa d’água.

 

etapas-do-parto-normal_clinica-gravidez-saudavel

Conheça as etapas do parto normal

No que diz respeito à duração e evolução, o parto normal é dividido em quatro períodos. Saiba quais são eles abaixo:

  • 1º período, quando ocorre a dilatação do colo uterino;
  • 2º período, quando acontece a expulsão do bebê;
  • 3º período, quando ocorre a dequitação ou expulsão da placenta;
  • 4º período, de observação materna no pós-parto.

etapas-parto-normal-a

Monitoramento pré-parto

A vigilância do bem-estar e da vitalidade do bebê será feita pela escuta dos batimentos cardíacos e pela observação da coloração do líquido amniótico.

Se houver a eliminação de mecônio  — nome dado as primeiras fezes do bebê — e indicativo de sofrimento fetal ou alterações nos seus batimentos cardíacos, o médico poderá indicar a necessidade urgente da realização de um parto mais rápido e cirúrgico, como a cesariana, para garantir o bem-estar e saúde de mamãe e bebê.

O trabalho de parto normal em si é composto por três períodos distintos, que funcionam de maneira totalmente diferente um do outro: o preparatório, de dilatação e expulsivo.

 

Etapas parto normal: contrações

O período preparatório é a fase mais inicial do trabalho de parto, também chamado de fase latente do período de dilatação do colo do útero. O início do parto normal caracteriza-se pelo começo das contrações uterinas, que se coordenam e regularizam com ritmo cada vez mais frequentes.

Sentidas como um desconforto de intensidade e duração crescentes, essas contrações têm como função preparar o colo uterino. Isso causa seu amolecimento, afinamento, mudança de posição e o início lento de sua dilatação.

Poderá ocorrer também a saída do tampão mucoso pela vagina. Essas contrações são curtas, durando entre 20 a 40 segundos. Uma espécie de aquecimento para o próximo período, a fase preparatória costuma durar entre 16 e 20 horas na primeira gestação. Esse espaço de tempo, no entanto, pode variar bastante de uma mulher para outra.

Nas gestações subsequentes, o tempo da fase preparatória costuma diminuir, com duração média de 12 a 16 horas.

Etapas parto normal: dilatação

Após a primeira etapa de espera para o parto normal saudável, você entrará no período de dilatação. Trata-se da fase ativa, mais rápida e previsível. A etapa terminará com a dilatação total e completa do colo. No entanto, isso só acontece quando ele alcança 10 centímetros, tamanho aproximado da cabeça de um bebê de nove meses.

Esse é o momento ideal para realizar a internação hospitalar. Nessa etapa, a mulher deve estar com as contrações uterinas mais fortes e regulares. Elas deve ter duração média de 40 a 60 segundos, com 2 a 3 contrações a cada 10 minutos de observação. O colo do útero estará afinado, amolecido e geralmente dilatado em 3 ou mais centímetros.

Etapas parto normal: trabalho de parto

Na fase ativa do trabalho de parto normal, sua bolsa pode se romper sozinha. A partir deste período, a velocidade da dilatação será mais rápida e constante, de aproximadamente 0,8 a 1,5 centímetro por hora.

Geralmente, a dilatação  será de cerca de 1 cm/hora na primeira gestação. A partir da segunda gestação, que costuma evoluir mais rapidamente, a  média sobe para cerca de 1,5 cm/hora.

O tempo de dilatação e progressão do parto normal será ainda mais curto se a bolsa d’água já estiver rompida ou for rompida pelo médico. A medida pode ser  tomada para aumentar as contrações e acelerar um trabalho de parto lento.

É importante considerar que mulheres obesas podem ter uma duração do trabalho de parto significativamente mais longa e demorada.

Etapas parto normal: descida do bebê

Durante o período de dilatação ocorrem, ao mesmo tempo, a descida e a progressão do bebê até entrar no chamado período expulsivo final, com a saída e nascimento.

A duração total média do trabalho de parto natural e espontâneo costuma ser maior que 12 horas, e o tempo de espera para as suas contrações tornarem-se efetivas, fortes e regulares, com pelo menos 2 a cada 10 minutos, será por volta de 6 horas. A exceção fica por conta dos casos de partos muito rápidos, precipitados, chamados de taquitócicos.

Nesses casos, pouco frequentes, a duração total do processo, do início do trabalho de parto ao nascimento, leva cerca de 4 horas ou até menos.

Etapas parto normal: o que acontece após o nascimento?

Depois que o bebê já nasceu, é bastante natural que você sinta, além de muito cansaço, tremores provocados pela descarga de adrenalina no organismo e pelos ajustes que o seu corpo começa a fazer imediatamente após o nascimento.

Não é incomum que, nesse período, as pacientes sintam também enjoos, náuseas e vômitos. Também não se preocupe se, logo após o nascimento, for difícil para você se concentrar imediatamente no bebê.

Ao contrário do que você  pode pensar, isso nada tem a ver com falta de instinto materno. A reação é absolutamente comum em partos extremamente cansativos, mas a sensação passa rapidamente após um merecido descanso.

E então, gostou de entender melhor as principais etapas parto normal? Então não se esqueça de compartilhar esse texto em suas redes sociais! Assim mais futuras mamães poderão saber o que esperar desse momento tão especial!